Amoresss!! Tudo bem com vocês?? Girls, me perdoem porque sábado não teve post por aqui e nem vídeo no canal domingo. Tudo isso porque vou começar uma série de vídeos para o fim do ano e estava sem uma iluminação adequada. Mas, já providenciei o que estava falando e preparem-se para me ver muito por aqui e pelo canal!!

Agora sem mais delongas, vamos ao post da nossa Nutri M-A-R-A Andressa, que trouxe um tema super legal e que gera muita dúvida!! Ah!! Podem deixar aqui ou no meu insta ou facebook (links no top do blog) perguntinhas para a nossa Nutri, pois em Janeiro teremos vídeo com ela respondendo essas questões.

Bora pro post? 

INTOLERÂNCIA Á LACTOSE X ALERGIA A PROTEÍNA O LEITE DE VACA (APLV)
Oi meus amores!! Hoje vim falar sobre um assunto muito presente na minha vida e no meu dia-a-dia! 
A intolerância a lactose é causada pela deficiência ou redução da enzima lactase no organismo, provocando alteração na absorção de produtos lácteos. Esse problema pode acontecer em qualquer fase da vida, diferenciando-se da APLV que ocorre geralmente em bebês e crianças menores de 3 anos.

Os sintomas mais frequentes são: Diarreia, vômito, gases, dores abdominais, inchaço e eles começam entre 30 minutos e 1 hora após a ingestão dos alimentos.
Caso perceba os sintomas, procure a ajuda de um especialista , para que seja detectado e comprovado e posteriormente tratado!
O tratamento específico deve ser acompanhado por médico ou nutricionista. Indica-se que haja a substituição dos produtos de leite de fonte animal por leite de fonte vegetal (arroz, castanhas, soja), ou a ingestão da enzima lactase antes do consumo do alimento. Muitos profissionais por aí indicam os produtos sem lactose que vem chegando cada vez mais no mercado. Minha sugestão é: desconfie, leia os rótulos, pois a maioria deles possuem lactose adicionado da enzima, que muitas vezes não funciona e gera mal estar da mesma maneira.
Vale ressaltar também que procurar ajuda é importante pois, a ausência do leite de fonte animal pode gerar deficiências de cálcio, vitamina D, riboflavina e também de proteína. Uma dieta equilibrada e acompanhada auxilia nesse processo e pode até melhorar a presença dos sintomas quando há a ingestão.
A alergia a proteína do leite de vaca é uma reação alérgica ás proteínas do leite e dos seus derivado, e pela imaturidade do intestino dos bebês, pode-se desencadear um processo inflamatório no aparelho de digestão.

Os sintomas mais frequentes são: Problemas gastrointestinais, respiratórios, problemas na pele, baixo ganho de peso e baixo crescimento, entre outros.

Caso perceba esses sintomas procure um médico para que haja a solicitação dos exames e tratamento, que da mesma forma que a intolerância ocorre com a retirada dos alimentos de fonte láctea da dieta, sempre tomando cuidado com a leitura dos rótulos e com os nutrientes e deficiências.

Espero que vocês tenham gostado do post e não se esqueçam de deixar as perguntinhas!! 
Sigam a Dessa nas redes sociais dela também FACEBOOK e INSTAGRAM :)

Então é isso meninas!! Vamos prestar atenção nos sinais do nosso corpo!!

Até a próxima!! 
Mil beijoss <3


Deixe um comentário